Sexta, 19 de Julho de 2024
21°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Oktoberfest ganha força em Teresina

O público teresinense apreciou mais de 12 tipos de cervejas artesanais

26/10/2022 às 15h36 Atualizada em 31/10/2022 às 08h58
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Criada na Alemanha, a Oktoberfest ganhou inúmeras versões pelo mundo, sendo que, no Brasil, a mais famosa é realizada em Santa Catarina, e todos os anos reúne milhares de turistas na cidade de Blumenau. Em Teresina, a Oktoberfest vem ganhando força, porém, teve uma pausa por conta das medidas restritivas adotadas por conta da pandemia do coronavírus. Este ano, voltou com força total em dois dias de atividades no Complexo Cultural da Ponte Estaiada, localizada no bairro de Fátima, na zona Leste da cidade.

Outra novidade no Oktoberfest Estaiada foi a participação do poder público, por meio de uma parceria entre os organizadores e a Prefeitura Municipal de Teresina que, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, estará pela primeira vez apoiando o evento que une amantes da cerveja artesanal. O evento ocorreu com entrada gratuita, tendo várias bandas como atrações e ainda uma praça de alimentação com comidas e cervejas artesanais com preços variados a fim de atender todos os públicos.

Pedro Martins, um dos organizadores do festival, conta que, durante os dois dias, o público teresinense pode apreciar mais de 12 tipos de cervejas artesanais produzidas por fabricantes locais e que seguem os mais altos níveis de qualidade. Ele enfatiza ainda que o público local tem a cada dia aumentado o desejo por consumir a cerveja artesanal, fazendo com que uma das fábricas da capital dispare nas vendas, produzindo mais cerveja que muitas outras cervejarias instaladas nos grandes centros urbanos do país, comprovando que Teresina segue no rumo certo para ser uma das grandes produtoras.

“O mês de outubro é muito importante para os cervejeiros de todo o mundo e em Teresina não poderia ser diferente. Apesar das dificuldades, quebramos as barreiras e hoje temos no Piauí quatro fábricas homologadas a venderem o produto para o público e ainda mais de 100 fabricantes caseiros, que fabricam cervejas para o próprio consumo, por isso acreditamos também que o Oktoberfest irá, a partir de agora, fazer parte do calendário de eventos da capital piauiense”, comenta Pedro Martins, que está muito otimista com a realização desta edição.

O presidente da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, Ênio Portela, está otimista com o retorno do Oktoberfest. Ele relata que a gestão municipal tem intensificado suas ações na área da cultura e que essa parceria com a iniciativa privada é importante para a manutenção das ações culturais que beneficiem diretamente os teresinenses. O presidente conta ainda que nunca se viu na capital tantas atividades realizadas ou apoiadas pela gestão municipal, comprovando o compromisso do prefeito Dr. Pessoa com a cultura local.

“Já fizemos muito, porém, queremos fazer mais, queremos que todos os cidadãos, independente da classe social, tenham acesso as ferramentas de cultura e, para isso, estamos em contato direto com o prefeito, que também é um entusiasta da cultura. Sobre o Oktoberfest, foi uma oportunidade de dar apoio a esse grupo de amantes da cerveja artesanal, que tanto luta para movimentar a economia local com a geração de empregos”, diz Ênio Portela.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias