Sexta, 19 de Julho de 2024
21°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Agência americana vai explorar minerais em Capitão Gervásio Oliveira

Cobalto, lítio e níquel estão na mira da empresa DFC, que vai investir dezenas de milhões de dólares na região.

09/10/2023 às 15h35 Atualizada em 12/10/2023 às 15h30
Por: Redação
Compartilhe:
Baterias são usadas em eletrônicos
Baterias são usadas em eletrônicos

O município de Capitão Gervásio Oliveira, localizado a 519 km de Teresina, no sul do Piauí, está na mira do governo dos Estados Unidos para a exploração de minerais como o cobalto, lítio e níquel. A agência governamental americana, a Development Finance Corporation (DFC), vai investir dezenas de milhões de dólares na região.

A empresa TechMet está de olho nesses minerais que são considerados essenciais, pois são fundamentais para a produção de carros e dispositivos eletrônicos. O interesse americano é garantir reservas de materiais, evitando o excesso de importação.

O projeto liderado pela empresa, que já foi aprovado pelo governo americano, quer produzir materiais para a fabricação de baterias. A DFC quer apoiar investimentos com práticas tecnológicas eficientes e com responsabilidade ambiental.

O governo de John Biden prioriza a exploração de materiais para a produção de bateria porque 80% das reservas estão concentradas em países considerados autocratas.

Baterias de lítio

As baterias de íons de lítio são utilizadas diariamente por pessoas do mundo inteiro. É essencial em dispositivos como notebooks, smartphones, televisores e componentes eletrônicos.

As baterias também são utilizadas para estratégias de energias limpas, como a solar fotovoltaica, e nos carros elétricos. Considerada uma tecnologia de baixa manutenção, as baterias de lítio são opções para o armazenamento de energia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias