Sexta, 19 de Julho de 2024
21°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Cachoeira do Urubu é um paraíso exuberante do Norte do Piauí

Número de turistas no parque dobra nesse período

07/04/2024 às 11h35 Atualizada em 09/04/2024 às 17h31
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

É quase impossível passar pela Cachoeira do Urubu sem fazer um registro fotográfico. De janeiro a maio, justamente no período das chuvas, o rio longá ganha um grande volume de água. Várias cascatas se formam. A maior delas tem 12 metros de altura. Um espetáculo da natureza que atrai turistas de 17 municípios do norte do Piauí, além de pessoas de outros estados da Federação.

"Esse é o melhor período que a gente tem para visitar o parque. Foi bom ter vindo, está linda demais a cachoeira", disse Leal Júnior, turista de Teresina que todos os anos visita o local.

A movimentação na passarela de 400 metros que dá acesso ao parque dobra nesse período. E além de piauienses, a equipe do Portal RMF encontrou também uma caravana de maranhenses visitando o parque.

"Gostei muito, é tudo muito bonito, a natureza, isso aqui é coisa de Deus. Com certeza vou voltar novamente", disse Frank Gonçalves, natural de Grajaú, no Maranhão. Opinião parecida possui Raimundo Dias, turista de Barreirinha, no Maranhão. "Já vim aqui várias vezes, minha sogra mora em Batalha, e sempre que posso eu venho. Muito bonito. Já banhei e achei bacana demais", elogiou o maranhense. 

Inaugurado em março de 1993, o Parque Ecológico da Cachoeira do Urubu mistura elementos do cerrado, da caatinga e das palmeiras de carnaubais, formando um cenário exuberante. Os mandacarus e cactos típicos do sertão dão um toque único para a paisagem. O parque fica localizado a 18 km de Esperantina e 180 km  de Teresina, capital do Piauí. É um destino imperdível para os amantes da natureza e do ecoturismo.

Alguns turistas ficam nos bares, outros contemplam a natureza e outros preferem banhar ambas águas da cachoeira do Urubu. Nem mesmo a correnteza assusta os frequentadores. Tem banho na cachoeira ou nas piscinas naturais que se formam ao longo do espaço. Mas nesse período de chuvas, todo cuidado é pouco.

"Nasci e me criei nessa região, moro aqui há muito tempo. Conheço esse banho, já até evitei que algumas pessoas fossem banhar em locais perigosos, por causa do risco de afogamento na correnteza forte. Quem desceu pela cascata do parque não escapou, tem que ter cuidado", disse o turista Antônio Pereira, que costuma banhar com frequência no parque, sem deixar de acrescentar que "o banho é bom, frio, ideal para conseguir amenizar o forte calor da região".

Com suas impressionantes quedas d’água e fauna diversificada, o parque é realmente um destino imperdível para quem busca lazer, aventura e um contato íntimo com a natureza. 

Ricardo Moura Fé

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias