Sexta, 21 de Junho de 2024
23°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Seminário discute prevenção e combate a desertificação

Encontro já foi realizado em sete estados brasileiros

25/04/2024 às 18h44 Atualizada em 25/04/2024 às 18h50
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Piauí sediou nesta terça (23) e quarta (24), o Seminário Estadual para a construção do 2º PAB Brasil - Plano de Ação Brasileiro de Combate à Desertificação e Mitigação aos Efeitos da Seca. Uma iniciativa do 
do Ministério do Meio Ambiente com o apoio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), diversas instituições, associações e sociedade civil.

O encontro vem de uma série de eventos que já foram realizados em outros sete estados, com discussões, compartilhamentos e reflexões sobre conhecimentos, experiências e lições aprendidas no combate à desertificação, mitigação aos efeitos da seca visando a elaboração do PAB.

A Auditora Fiscal Ambiental da Semarh, Catharina Teixeira destaca que a participação dos estados na discussão e construção do PAB é um momento único que agrega ciência, pesquisa e o conhecimento popular. “O evento no Piauí trouxe discussões voltados às áreas suscetíveis a desertificação no semiárido e cerrado piauiense além de ser um momento de troca de experiências e metodologias para a atualização do Programa Estadual de Ação de Combate à Desertificação (PAE/PI), meta do nosso governador Rafael Fonteles”, enfatizou.

A programação abrangeu uma variedade de atividades, incluindo apresentações sobre o panorama da desertificação e seca nas áreas afetadas, oficinas, debates, diálogos com os participantes, compartilhamento de experiências e trabalho em grupos temáticos para elaboração de propostas.

“Como compromisso de gestão do Governo do Estado, o Piauí tem contribuído efetivamente para o combate à desertificação, mitigação dos efeitos das secas e prevenção e reversão dos quadros de degradação da terra”, destacou o superintendente da Semarh, João Victor Oliveira.

O coordenador geral do PAB, Aldrin M Perez-Marin, explica que os acúmulos e discussões realizados nos seminário do Piauí e dos demais estados serão levados, em junho, para o Seminário Nacional, que acontecerá em Maceió, Alagoas.

Sobre o PAB -  
Construído pela primeira vez em 2004, o Programa de Ação Brasileiro de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca (PAB), busca identificar os fatores que contribuem para a desertificação e desta forma, direcionar governos, comunidades locais e sociedade, sobre medidas práticas de combate à desertificação e mitigação dos efeitos da seca. 

Em 2024, o Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) busca atualizar o Programa, que agora ganha caráter nacional. Apesar da região prioritária continuar sendo o Nordeste e o Semiárido, em outras regiões brasileiras encontramos processos semelhantes de desertificação e aridização.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias