Sexta, 21 de Junho de 2024
23°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

CS Grãos do Piauí registra mais de 1,6 milhão de horas trabalhadas sem acidentes com afastamento

Concessionária é responsável pela manutenção da Transcerrados (PI-397) e Palestina (PI-262); empresa mantém rigoroso processo de treinamentos e capacitações para seus colaboradores.

03/05/2024 às 10h43
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A CS Grãos do Piauí, empresa controlada pela CS Infra, tem entre as suas atividades diárias o compromisso de garantir a segurança nas suas operações. Em 2023, a companhia destinou 8.725,23 horas a encontros de ensino-aprendizagem que incluíram capacitações, cursos, treinamentos, palestras e integrações que visaram atender aos critérios de um ambiente profissional seguro. Nos primeiros três meses de 2024, foram contabilizadas 2.740,50 horas dedicadas às capacitações. Com relação à segurança nas obras, a empresa contabiliza mais de 1,6 milhão de horas trabalhadas sem acidentes com afastamento na soma de todo o ano de 2023 com os primeiros meses de 2024.
 
Nesse sentido, vale reforçar que o avanço das obras de manutenção da concessão das rodovias Transcerrados (PI-397) e (Palestina PI-262), por exemplo, conta com investimentos contínuos em segurança, incluindo ações de orientação e fiscalização em conjunto com profissionais técnicos de segurança do trabalho das empresas parceiras. Segundo Sandro Mártyres, Técnico de Segurança do Trabalho da CS Grãos do Piauí e responsável por este setor na empresa, compartilha que é “o trabalho que realizamos reflete na baixa ocorrências de incidentes e zero acidente com afastamento”, pontua. Sem dúvida, a “nossa missão é mitigar os perigos e riscos existentes na área de construção das rodovias, assim como motivar os trabalhadores a escrever uma página de sua vida profissional como agentes transformadores da realidade”, expressa.

Importante reiterar que a Concessionária, desde o início das operações, tem desenvolvido permanentemente ações de conscientização sobre o comportamento seguro nas obras. Nesse sentido, reforça junto aos colaboradores que estabelecer uma rotina de segurança protege a eles mesmos e, também, cria uma cultura de prevenção que reduz, significativamente, os acidentes no ambiente de trabalho. Dessa forma, a empresa reafirma o compromisso com as famílias dos colaboradores ao devolvê-los a seus lares da mesma forma que foram recebidos no ambiente profissional.

Compromisso de segurança da empresa seguirá nos trechos aditivos

No início deste ano, a companhia conquistou 307 novos quilômetros, correspondentes a três rodovias: PI-247, PI-391 e PI-392. Ao todo, serão 584,04 km de estradas com melhorias e inovação, incluindo as ações já direcionadas às rodovias Transcerrados (PI-397) e Palestina (PI-262). No total, serão investidos mais de R$ 4,1 bilhões nos próximos 28 anos. Com o aditivo, a companhia se torna a maior Concessão de Rodovias da região Norte-Nordeste e uma das maiores do Brasil. Nesse sentido, a empresa seguirá adotando todos os procedimentos de segurança e capacitações necessários para que o trabalho desenvolvido seja sempre seguro para todos.

Além disso, pensando na qualificação e na preparação dos colaboradores da CS Grãos do Piauí, o setor de Qualidade Segurança, Saúde Ocupacional e Meio Ambiente (QSSMA) desenvolveu o plano anual de treinamentos com o objetivo de preparar os colaboradores para as adversidades por meio de treinamentos normativos e desejáveis, em conformidade com as funções desenvolvidas. A CS Grãos do Piauí investe continuadamente no setor e reforça seu compromisso com a população sem esquecer, contudo, de preservar à segurança dos seus processos construtivos.

Diálogos sobre segurança

Em alusão ao Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, celebrado anualmente em 28 de abril, a Cs Grãos do Piauí realizou na segunda-feira (29/04) mais uma rodada de conversas sobre segurança nas operações, conscientizando e estimulando a promoção de ambientes de trabalho seguros para todos os colaboradores. Permanentemente, a Concessionária tem no seu cronograma de atividades o compromisso de garantir bem-estar para os funcionários por meio da construção de uma rotina de trabalho segura. As conversas aconteceram na sede da empresa, em Bom Jesus, nas quatro praças de pedágio e na Base de Serviço Operacional (BSO) presentes nas rodovias Transcerrados (PI-397) e Estrada Palestina (PI-262), que estão sob responsabilidade da Grãos do Piauí. A segurança e a saúde do trabalho são fundamentais para as ações de prevenção para os trabalhadores e as trabalhadoras. É um direito de todos!

Pesquisa de satisfação com usuários

Em 2023, o nível de satisfação dos usuários das rodovias foi superior a 85%, segundo levantamento realizado pelo Instituto Piauiense de Opinião Pública. O Serviço de Atendimento ao Usuário (SAU) realizou mais 4 mil atendimentos ao público que percorreu os trechos. Além disso, a maior parte são veículos pesados (69,33%) que circulam nas vias e os de porte leve contabilizam 30,67%. No que diz respeito aos principais tipos de cargas transportadas nas regiões, a pesquisa com os usuários destaca a de Grãos (37,83%) e de Soja (37,39%) sendo, portanto, as mais recorrentes. E, inclusive, os dados também apontam que 93,33% dos entrevistados utilizam as rodovias para transporte de cargas, reforçando a vocação da rodovia como um corredor logístico para escoamento da produção agrícola da região.

Sobre a CS Infra

A CS Infra é uma plataforma de gestão de concessões de longo prazo e responsável pelas empresas Ciclus Ambiental, uma das maiores companhias da América Latina na área de gestão integrada e valorização de resíduos sólidos; concessões de infraestrutura CS Grãos do Piauí, responsável pela operação, manutenção e ampliação de 276,8 km da Rodovia Transcerrados (PI-397 e PI-262) que abrange cerca de 25 municípios; CS Aratu 12 e CS Aratu 18, responsáveis pela gestão dos terminais 12 e 18 do Porto de Aratu (BA); a concessão do BRT da cidade de Sorocaba (SP); a concessão do Mercado Municipal Miguel Sutil e Centro Histórico de Cuiabá (MT); e recentemente, assumiu a concessão para varrição, coleta, gestão e tratamento de resíduos sólidos em Belém (PA).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias