Sexta, 21 de Junho de 2024
23°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Corrida de rua reúne 3 mil pessoas contra o feminicídio em Teresina

Ação da Secretaria das Mulheres busca dar visibilidade à rede de enfrentamento a esse tipo de violência.

26/05/2024 às 13h08
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Três mil pessoas acordaram bem cedo, neste domingo (26), e aproveitaram a prática esportiva para chamar atenção da sociedade sobre a violência contra as mulheres. Os atletas profissionais e amadores participaram da terceira edição da Corrida de rua contra o Feminicídio, com largada e chegada no Parque Nova Potycabana, na zona leste de Teresina.

A ação faz parte da campanha “Ei, mermã no enfrentamento ao feminicídio”, desenvolvida pela Secretaria das Mulheres (Sempi). 

Zenaide Lustosa, secretária das Mulheres, revela que a campanha é uma forma de sensibilizar a sociedade pelo zelo à vida. “As mulheres estão morrendo pelo feminicídio, pelo simples fato de serem mulheres. Elas são mortas pelo ódio, pela misogia. Então nós queremos essa sensibilização. Então a corrida é muito importante porque dá visibilidade junto à sociedade sobre a violência contra as mulheres. Além disso, o esporte, a corrida, fomenta o esporte, o bem-estar”, acrescenta a gestora.

Na concentração, muitos atletas de grupos de corridas marcaram presença. A exemplo de Gizana Lima e Eristoteles Pegado, que são do grupo Desbravadores de Trilha. “A gente divulga entre nós os canais de denúncia, a rede de acolhimento”, conta Gizana. “Os homens também devem fazer parte dessa luta”, acrescenta Eristoteles.

A psicóloga Susy Marques afirma que as mulheres precisam estar atentas. “A mulher autoconfiante gera no homem violento essa ação de ataque. São gritos, socos na parede que depois se agravam. A rede de apoio é muito necessária nesse momento”, acrescenta a profissional.

O percurso da corrida, com extensão de 2,5 km, seguiu pela Av. Raul Lopes em direção à ponte Wall Ferraz, retornando pela rotatória do Monumento “Negros Mercadores” e terminando no palco principal da Potycabana. 

Durante o evento, teve o espaço "Ei, mermã, você não está sozinha", com uma feirinha expondo produtos de mulheres empreendedoras, aluguel de bicicletas e orientações de saúde e sobre a Lei Maria da Penha.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias