Sexta, 21 de Junho de 2024
23°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Nutricionista alerta sobre exageros na alimentação durante o período junino

A profissional também explica como pessoas diabéticas e celíacas podem aproveitar a época sem preocupações.

04/06/2024 às 16h32 Atualizada em 05/06/2024 às 19h09
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Com a chegada do mês de junho começa a expectativa para o período junino. As festas de tradição nordestina são aguardadas por todos que amam essa época e esperam o ano todo para participar e assistir às apresentações de quadrilhas juninas, shows e, claro, aproveitar para saborear as comidas típicas da festividade. 

A nutricionista do Núcleo de Atenção Integral à Saúde (NAIS) da Unimed Teresina, Renata Luíz, explica que, para aqueles que querem ou precisam manter uma alimentação equilibrada, os alimentos in natura como milho, coco e mandioca são uma boa opção. 

“Ter cuidado na higiene na hora de preparar os alimentos e fazer as trocas necessárias de alguns itens como, por exemplo: açúcar por adoçantes, colocar leite desnatado ou sem lactose, trocar os embutidos como salsicha do cachorro-quente por frango ou carne moída, além de incluir sucos naturais da época no lugar dos refrigerantes”, orienta. 

A profissional alerta para os exageros e que não precisa estresse, pois a época se repete todo ano. “Comer com calma, se hidratar bem,  manter a atividade física regular e fazer trocas necessárias de alguns ingredientes mais calóricos, são algumas orientações que ajudam a manter o equilíbrio durante esse período”, frisa a nutricionista.

Para o caso de pessoas que possuem restrições alimentares, por conta de doenças como a diabetes e doença celíaca, reação autoimune a ingestão de glúten, Renata ressalta a necessidade de cuidado redobrado. Segundo ela, no caso de pessoas diabéticas, o ideal é dar preferência a alimentos in natura. Consumir junto com a batata doce, macaxeira ou abóbora (tubérculos) alimentos fontes de proteínas, como frango ou carne desfiada. “Manter o consumo de frutas também é uma excelente opção”, aconselha. 
 
Segundo a profissional, pessoas celíacas precisam se atentar aos alimentos consumidos, visto que nesse período algumas comidas contém glúten. “Primeira dica é ler os rótulos com atenção e, se necessário, perguntar a quem cozinhou o alimento se a comida contém trigo, aveia, cevada e/ou centeio. Então pode consumir: tapioca, arroz doce, doces, cocada, cuscuz, pipoca, pamonha e outras preparações. Também vale arriscar receitas e com criatividade ir substituindo os itens”, indica.

A nutricionista pede atenção quanto aos alimentos que devem ser evitados. “Aos celíacos tudo que tiver trigo, cevada, centeio e aveia não deve ser consumido. E aos diabéticos evitar açúcares livres como chocolates, compotas, geleias e doces. E ambos devem se prevenir do excesso das bebidas alcoólicas”, finaliza a especialista.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias