Sexta, 21 de Junho de 2024
23°C 36°C
Teresina, PI
Publicidade

Piauí terá a maior planta de energia solar do Brasil para produção de hidrogênio verde

Governo do Estado assinou memorando de entendimento com a empresa Solatio durante o CITER

05/06/2024 às 07h38 Atualizada em 10/06/2024 às 16h44
Por: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O governador Rafael Fonteles assinou durante a Conferência Internacional de Energias Renováveis, no Centro de Convenções de Teresina, um memorando de entendimentos com a empresa Solatio para a instalação do maior parque de energia solar do Brasil. A infraestrutura, com capacidade de 4 gigawatts, será instalada em Bom Princípio do Piauí e vai abastecer a indústria para a produção de amônia em Parnaíba, matéria prima para o hidrogênio verde. O início da instalação da infraestrutura inicia em 2025 e faz parte da primeira etapa do projeto.

O governador Rafael Fonteles explica que o empreendimento torna mais próximo o processo de industrialização na cadeia de produção de energias renováveis no Piauí. "Agora, a Solatio anuncia um parque solar de 4 gigawatts no Piauí para exatamente abastecer essa futura usina, indústria de hidrogênio verde. Este parque poderia ser em qualquer lugar do Brasil, mas vai ser boa parte dela feita no Piauí, gerando mais empregos, gerando mais oportunidade de desenvolvimento para o nosso estado", considera.

Pedro Vaquer, CEO da Solatio, explica que este é um sonho que se torna realidade. "O que começou com um sonho hoje é uma absoluta realidade e acho que agora podemos dizer bem alto que o Piauí vai ter a maior usina solar do Brasil, porque isso vai ajudar para ter a energia necessária para esta primeira fase. Parabéns ao governador Rafael Fonteles e conte conosco para contribuir para que o país, para que o Piauí, seja um estado cada vez mais evoluído", afirma.

A Solatio possui licença ambiental para produzir 11,4 gigawatts de hidrogênio verde e amônia no Piauí, com foco no abastecimento do mercado europeu. Em todo o Brasil, a empresa investe R$25 bi em energia solar.

Ainda na Conferência Internacional de Tecnologias das Energias Renováveis (CITER), a Solatio assinou um memorando de intenções com o Clube Atlético Piauí. Além de investir em energias renováveis, a empresa vai patrocinar o futebol piauiense com apoio à agremiação.

A Solatio vai patrocinar uniformes, materiais esportivos e publicidade do time, além de promover intercâmbios entre campeonatos de futebol regionais, nacionais e internacionais. O memorando também especifica o acompanhamento técnico do Clube Atlético Piauí para trazer destaque ao time em competições.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias